BUSDOOR

CONHEÇA UM JEITO NOVO DE ANUNCIAR NA MÍDIA OUT-OF-HOME

Por que anunciar em busdoor?

Quem decide a compra de determinado produto ou forma opiniões está nas ruas, a caminho do trabalho ou de volta para casa. Como os ônibus estão em movimento, a quantidade de impactos se multiplica. A propaganda em ônibus possui um público amplo e diversificado, além de uma maior cobertura em todas as classes sociais. 

Confira abaixo as vantagens do Busdoor.

Segmentação por regiões,

Com estratégias cuidadosamente planejadas para a escolha das linhas e trajetos, é possível encontrar e segmentar exatamente o perfil do público-alvo da sua campanha.

Impacto frequente,

Um ônibus faz várias viagens por dia, o que garante que os anúncios tenham uma grande frequência de impacto no público-alvo. A audiência acaba dependendo apenas do itinerário.

Exposição constante,

Graças aos itinerários e ao trânsito, o tempo de exposição do anúncio é maior se comparado as demais mídias. Ou seja, o Busdoor oferece o melhor custo benefício em relação à cobertura.

Busdoor,

O busdoor é o adesivo publicitário colado no lado externo ou interno do vidro traseiro dos veículos. Sua veiculação dura, em média, 1 mês no mínimo.

Normalmente, o seu tamanho é de 2 metros de largura por 1 metro de altura, mas a sua área útil pode ser um pouco maior ou menor dependendo da carroceria (alguns ônibus, por exemplo, possuem vidros mais espaçados, outros tem um monitor informando o número da linha, e por aí vai).

Trata-se de um dos formatos mais conhecidos e utilizados da publicidade em ônibus. E isso se deve a sua capilaridade (já que circula nas principais vias e regiões de uma cidade), sua exclusividade (um anunciante não divide o mesmo espaço com outro no mesmo espaço) e sua economia (o custo de veiculação é relativamente baixo se considerarmos a alta audiência que esse meio pode atingir).

Backbus,

O Backbus é o adesivo colado em toda parte traseira de um ônibus. Seu tamanho normalmente é de 2 metros de largura por 2,50 metros de altura, mas sempre se adequando ao tipo e modelo de cada carroceria.

Suas características são bem similares a de um busdoor, como a questão do alcance de mídia e o tempo mínimo de 1 mês de exposição do anúncio. Por outro lado, esse é um formato que dá uma visibilidade muito maior aos anunciantes (ele chama mais a atenção no trânsito), mas também gera um custo superior de produção e veiculação.

Envelopamento,

O envelopamento, aqui, se trata da adesivação quase completa de um ônibus. A colagem só não é feita no vidro dianteiro por questões de visibilidade do motorista.

Sem dúvidas, esse é o formato que mais chama a atenção do público. É comum vermos esse tipo de adesivação em ônibus de cantores e times de futebol, por exemplo.

Além disso, o envelopamento permite que a criatividade seja mais explorada, até pelo impacto natural que ele causa por onde circula.

O custo de produção e veiculação também costumam ser mais altos do que o busdoor e o backbus, mas o tempo de exibição do anúncio também é de, no mínimo, 30 dias.

Sidebus,

O Sidebus é um adesivo colado na parte lateral do ônibus. Dependendo dos veículos de mídia e dos modelos dos ônibus, esse cartaz pode ser fixado tanto na carroceria quanto nos vidros (cobrindo toda a faixa lateral ou só uma parte).

Aliás, em função dessa variação, não há uma medida comum para o Sidebus. Seu tempo de veiculação também costuma variar em períodos mínimos de 30 a 90 dias.

Diferentemente dos 3 tipos de adesivação que comentamos até aqui, o Sidebus não é um formato muito oferecido ou procurado.

TV Interna,

A TV interna como mídia são os monitores colocados no interior dos ônibus para transmitir notícias e anúncios publicitários de forma intercalada. O seu uso é muito semelhante aos monitores em elevadores e em vagões do metrô.

Para os passageiros, é mais uma opção de distração em meio às viagens urbanas. Para os anunciantes, é uma boa oportunidade de garantir um maior impacto no público, pois as pessoas tendem a passar um bom tempo nos ônibus e possuem poucas distrações, principalmente se o coletivo estiver cheio.

Para tirar mais proveito dessa TV embarcada, é preciso desenvolver mensagens (animadas ou estáticas) curtas, diretas e sem áudio.

A propósito, o uso de TVs indoor como mídia se tornou comum em estabelecimentos comerciais, como academias, restaurantes, supermercados, casas lotéricas e padarias.

Anteparos,

Os anúncios nos anteparos consistem em cartazes de uns 0,40 m por 0,50 m colados em vidros internos que separam motoristas ou cobradores do corredor dos passageiros. Eles costumam ter a duração mínima de 1 mês de veiculação.

Sua visibilidade é parecida com a da TV interna. A diferença, claramente, está no fato de ser uma mídia estática, que, por sua vez, oferece um tempo maior de leitura para o público.

Outra diferença importante é que essa mídia costuma ser mais regulamentada pelos municípios. Muitas vezes, as prefeituras restringem a utilização desses cartazes somente para campanhas educativas, sociais e informativas. Então, nesse caso, vale ficar de olho na legislação local sobre esse tipo de publicidade.

Sancas,

Os anúncios em Sancas são aqueles posicionados acima das janelas e dentro dos ônibus. Eles podem ser adesivados nas calhas de iluminação ou entre essas calhas. E o seu tempo mínimo de veiculação segue o padrão dos demais formatos: 1 mês.

Seu uso, inclusive, tem praticamente os mesmos efeitos da publicidade em Sancas dos vagões do metrô. Ou seja, eles se comunicam bem com quem está em pé e não quer ou não pode usar o celular para se distrair no momento.

O seu tempo de leitura também é um pouco maior, o que permite a inserção de mais textos.Assim como os cartazes nos vidros internos, as Sancas podem ser regulamentadas para o uso exclusivo de campanhas socioeducativas.

Back Seat,

Os back seats são papéis adesivados na traseira dos encostos dos bancos. Não é um formato com medidas padrões, já que pode variar de acordo com o veículo e com o modelo dos ônibus.

O legal do back seat é que ele possui uma excelente visibilidade tanto para quem está sentado (fica de frente para a pessoa) quanto para quem está em pé. A propósito, por ficarem espalhados por todo o veículo, esses adesivos são os que possuem a melhor visibilidade interna para os passageiros.

E outro detalhe importante é que essa mídia também está presente nos coletivos da maior cidade do país. Só em São Paulo, o ônibus é o modal mais utilizado pela população. Portanto, é uma mídia com uma cobertura bastante significativa.

Alças de apoio,

É uma mídia impressa colocada em suportes de acrílico nas barras de apoio aos passageiros nos ônibus. Suas medidas giram em torno de 7 cm x 12,5 cm e, assim como as sancas, conversam melhor com o público que está em pé nos coletivos.

Em cada ônibus, é possível instalar de 10 a 15 alças e manter o anúncio no ar por, pelo menos, 1 mês. Além disso, até por seu tamanho e simplicidade, seu custo de produção é muito baixo.

Conclusão: Em qual mídia de ônibus anunciar?

Fazer campanhas publicitárias em ônibus não é lá uma tarefa muito simples. Por ser uma mídia itinerante, o anunciante tem que pensar nos trajetos que as linhas patrocinadas circulam e com quais audiências elas conversam.

Outro fator importante é o formato, claro. Por exemplo, aqueles colados no lado externo, como o busdoor, tendem a se comunicar com um público mais abrangente — incluindo aqueles que dificilmente andariam de ônibus, como as classes de maior poder aquisitivo.

Por outro lado, os formatos veiculados internamente podem prender a atenção do público por mais tempo, já que eles estão parados, em um momento de espera forçada pelo tempo de viagem.

Por fim, mas não menos importante, analise a disponibilidade de cada formato em sua região e os preços, que é o que, de fato, determinará a viabilidade dos seus anúncios.

Aliás, a CAFÉ COM MÍDIA pode te ajudar nisso tudo. Podemos montar planos de mídia personalizados que apontarão os melhores formatos e linhas para a sua campanha.

 

 

Conheça nossos cases

Atendimento via WhatsApp